* Já que todo mundo faz listas no ano-novo, a minha lista será musical. Acompanhem! Uma música pra cada dia do ano de 2012... Obviamente que a lista ficará atrasada, mas assim que possível vou atualizar.
*A ideia original veio da comunidade do Facebook chamada O Desafio Musical de 250 Dias.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

O que as pessoas pensam só porque eu gosto de Heavy Metal



Bem, hoje venho falar de um assunto que importuna todo metaleiro, o preconceito social que sofremos. Vamos começar analisando os motivos universais (sim, é esse tipo de universal mesmo que você está pensando) que as pessoas que curtem as vertentes de mais peso e velocidade do rock sofrem.

O 1° motivo é a fértil imaginação de certas pessoas que acreditam que o Rock'n Roll é obra do Diabo. Eu nem tenho palavras pra definir isso, a única que me vem à cabeça é burrice. As pessoas que afirmam isso veementemente só podem ter uma ausência de atividade cerebral efetiva. Depois de ler isso alguém vai chegar e dizer: "Ah, mas o Iron Maiden é satanista sim!!!", se as pessoas que fazem essas acusações tivessem um mínimo trabalho de pesquisa entenderiam que as bandas da década de 80 que usaram essa temática nunca foram realmente satanistas. O visual e a aparência era uma forma de atrair a juventude rebelde que surgia à época, era nada mais do que marketing. Hoje em dia algumas igrejas fazem algo parecido, afirmam que "Só elas salvam" e denigrem a imagem de outras religiões e movimentos culturais através disso, a diferença é que eles, de acordo com eles próprios, fazem isso em nome de Deus. Eu sinceramente não acho que Deus queira conflitos e preconceitos, mas já que eles dizem... 


"Rock is not The Devil's work. It's magical and rad."
Jack Black no filme Tenacious D


O 2° motivo pelo qual somos alvos de julgamentos antecipados é uma máxima criada no festival de Woodstock "Sexo, drogas e rock'n roll". Mais uma vez retornemos ao cenário onde essa frase foi criada, se você pesquisar um pouco, você vai entender que isso era a própria cultura da sociedade da época. Mesmo assim, eu não aprovo esse tema também, porém você pode perceber facilmente também que essa frase se aplica a menos de 10% das bandas de rock e Heavy Metal de hoje em dia, os temas de hoje (e mesmo da maioria das bandas do passado) são muito diferentes.


O 3° motivo principal é a rotulação de "Malucos/Revoltados/Assassinos" que temos recebido através dos tempos. Quando você olha a imagem do gráfico acima você da risada, mas as pessoas as vezes olham para um rockeiro da mesma maneira que olham para um assassino. Muitas vezes essas pessoas são os verdadeiros assassinos...

Talvez o motivo principal disso tudo tenha sido o sistema de propaganda que as bandas de rock usaram para se promover junto aos jovens rebeldes dos anos 70 e 80 principalmente, o que parece muito difícil de entender é que essa era uma forma de atrair fãs para ouvir a sua música e poder ganhar a vida, assim como certas pessoas as vezes vendem vagas no paraíso... 









Algo interessante que deve ser ressaltado aqui é a história do visual, não confunda o uso do visual de antigamente com o de hoje. Antes as bandas usavam seu visual apenas para atrair a atenção, uma vez atraídos os fãs se mantinham pela boa música. Hoje em dia as "bandas" usam a atenção para atrair e prender os fãs (adiós música de qualidade, olá falta de criatividade)...

Mas o ponto que mais me deixa invocado é que esses preconceitos e modos de observar o Rock não são suposições individuais, feitas por cada um para si mesmos. São suposições impostas pelos "sistemas". As pessoas são educadas a não pesquisar, não buscar entender. Apenas acreditar no que aquele líder de ideologia afirma. Tornam-se cegas para a realidade como um todo, como diria Marx, alienadas. E está é talvez a pior forma de alienação existente, a alienação ideológica, onde o individuo segue um movimento que sequer entende, apenas acredita sem se questionar e sem buscar entender. Esse é o grande perigo do mundo...


Se você xingar meu estilo favorito de música porque você pesquisou e teve bases para entender e criticar eu vou respeitar você, e muito. Vou procurar entender seu ponto de vista, saber porque você acha isso e vou argumentar e debater com você de uma maneira saudável. Procure conhecer antes de criticar, evite os pré conceitos. Caso contrário, por favor não permaneça no mesmo lugar que eu.



Post original neste LINK.
---------------------------------------------------------------------------------------
Estava esses dias procurando blogs interessantes pra ler e encontrei um fantástico apesar de estar, digamos, abandonado. Nele eu encontrei esse post que está aí em cima que eu concordei totalmente. Tanto que fui atrás do email do blogueiro para pedir sua autorização pra transcrever aqui, autorização que foi prontamente recebida.


Obrigada Lukas Moreira e seu blog Ah, Música . Seu blog é muito bom, menino! Continue!! Sei que dá no saco às vezes, mas aquilo é um serviço de utilidade pública, hehehehe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Diga o que gostou, o que pensa. Se não gostou, reclame! Obrigada por me visitar!